Apologética e Polemismo

Saul e a Pitonisa (1 Sm 28) – Saul falou mesmo com o espírito de Samuel?

1 SAMUEL 28:7ss – Como Deus pôde permitir que a feiticeira de En-Dor tenha feito Samuel subir de entre os mortos, já que Deus condena a necromancia?

 A Bíblia condena com severidade toda feitiçaria e comunicação com os mortos (Ex 22:18; Lv 20:6, 27; Dt 18:9-12; Is 8:19). No AT, os que praticassem essas coisas receberiam a pena de morte. O rei Saul sabia disso e até mesmo expulsou todas as feiticeiras da terra de Israel (1 Sm 28:3).

Sabemos também, através das Escrituras, que os mortos não voltam e que o contato com os vivos é impossível. (Hb. 9:27; 2 Sm. 12:23);

 

Pontos a serem analizados:

Saul NÃO viu Samuel  mas “entendeu” que era ele após a feiticeira dizer que via um ancião envolto em uma capa, entre os “deuses” que subiam da terra (1 Sm. 28:13,14). Assim, todo o evento se deu numa espécie de “sessão espírita”, onde o suposto Samuel manteve contato com Saul, incorporado na médium de En-dor.

É sabido que nenhuma das palavras ditas por Samuel jamais caíram por terra, mas todas se cumpriram (1 Sm. 3:19); No entanto, a profecia feita a Saul pelo suposto Samuel, que havia baixado na feiticeira, não se cumpriram em sua integridade:

Ele disse: “O Senhor entregará também a Israel contigo na mão dos Filisteus, e amanhã tu e teus filhos estareis comigo..” –

Porém, o que seguiu-se não foi o profetizado, pois Saul não morreu pela mão dos filisteus, mas suicidou-se (1 Sm. 31:4); – Também não morreram todos os seus filhos, mas apenas três: Jônatas, Abinadabe e Malquisua (1 Sm. 31:2).

No mais, a Bíblia é clara ao dizer que as causas de morte de Saul foram as transgressões com que transgredira contra Deus, por causa da Palavra do Senhor, a qual não havia guardado; e também porque “buscou a adivinhadora para a consultar”, e não buscou ao Senhor, pelo que o matou. (1 Cr. 10:13,14)

Portanto, está claro que Deus não aprovou as transgressões de Saul, nem sua consulta a feiticeira, e que Samuel não estava incorporado na médium de En-Dor. Se Deus estava se recusando a falar com Saul pelos meios “legais”, e considerando também que nunca mais Samuel, em vida, havia procurado o rei Saul após sua transgressão (1 Sm. 15:35), de forma alguma isso aconteceria mediante a quebra de vários princípios estabelecidos por Deus.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *